Kerry defende as relações Estados Unidos-Vietname

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, apelou hoje ao "pleno desenvolvimento" das relações dos Estados Unidos com o Vietname, elogiando a transformação do país nas últimas duas décadas.

John Kerry chegou na sexta-feira a Naypyidaw, capital da Birmânia, e encontrou-se com o seu homólogo vietnamita, Pham Binh Minh, à margem de uma reunião dos dez países membros da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) estendida aos parceiros do bloco regional, como os Estados Unidos, a China e o Japão.

O secretário de Estado dos EUA elogiou "os progressos" na "parceria" entre Washington e Hanói, em matérias como a não proliferação nuclear e as tensões no Mar da China Meridional, que estarão em discussão durante o fim de semana.

"Nós continuamos a falar de questões relativas aos direitos do Homem e de assuntos que verdadeiramente permitem que a relação se desenvolva em pleno", salientou, por outro lado, John Kerry.

Os dois antigos inimigos da guerra do Vietname normalizaram as suas relações diplomáticas em 1995 e desde então aumentaram as trocas comerciais bilaterais.

Washington continua, no entanto, muito crítico em relação a Hanói nas questões dos direitos humanos, liberdade de imprensa e liberdade religiosa.

Em dezembro passado, John Kerry, antigo combatente no Vietname, esteve no delta do Mekong para falar de alterações climáticas e da reconciliação entre os dois países. Na altura saudou a transição económica "extraordinária" do país e os esforços para sarar as 'feridas' da guerra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG