John McCain regressa à sua prisão de Hanói

O senador americano John McCain visitou hoje “Hanói Hilton”, como era conhecida a prisão onde esteve detido cinco anos desde 1967, quando o seu avião foi abatido numa missão sobre o então Vietname do Norte.

John McCain esteve na prisão, hoje transformada em museu, durante cerca de trinta minutos no âmbito de uma breve escala pelo Vietname, antes de prosseguir viagem para a China.

O museu-prisão recorda principalmente as detenções de vietnamitas no período colonial francês, mas consagra uma secção aos presos americanos.

McCain, de 72 anos, reconheceu, num texto publicado em 1973, ter cedido após quatro dias de tortura, de que resultou a fractura dum braço.

McCain foi depois um activo defensor da normalização diplomática entre os EUA e o Vietname, o que veio a suceder em 1995.

Um outro prisioneiro do “Hanói Hilton”, o piloto-aviador Douglas Peterson foi o primeiro embaixador americano no Vietname.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG