Quatro tibetanos imolaram-se em protesto contra a China

Pelo menos quatro tibetanos imolaram-se domingo e segunda-feira em protesto contra o domínio chinês no Tibete, revelaram hoje jornais internacionais e grupos de ativistas dos Direitos Humanos.

De acordo com um comunicado da organização Free Tibet, baseada em Londres, pelo menos três dos tibetanos morreram em consequência dos ferimentos provocados pelas chamas, elevando para 20 casos de imolação em novembro.

Os incidentes acontecem quando as organizações tibetanas contestam folhetos alegadamente produzidos pelas autoridades chinesas em que desvalorizam a língua tibetana e consideram ridículos os atos de imolação.

A Free Tibet não especificou o local dos acontecimentos nem a fonte da informação que, habitualmente, é difundida pelos tibetanos no exílio.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.