Oferece 50 milhões de euros a quem seduzir filha lésbica

Um magnata imobiliário de Hong Kong ofereceu uma recompensa de 50 milhões de euros como "prémio de casamento", a quem conseguisse ganhar o coração da sua filha, homossexual.

Cecil Chao decidiu oferecer a avultada quantia monetária depois de a filha, Gigi, ter contraído união de facto com a sua namorada de há 7 anos, em França.

"Não me importo que seja rico ou pobre. O importante é que seja generoso e tenha um bom coração", disse o magnata de 76 anos. "Gigi é uma boa menina, com visual e talento. É dedicada aos pais, generosa, e faz trabalhos voluntários", acrescentou.

Os casamentos entre pessoas do mesmo sexo não são reconhecidos em Hong Kong, uma região conservadora chinesa, onde a homossexualidade só foi descriminalizada em 1991. O magnata é bastante conhecido no circuito social de Hong Kong, aparecendo com regularidade em eventos públicos, num dos quais chegando mesmo a afirmar que já teria tido relações intimas com 10.000 mulheres.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.