Morreu tibetano que se imolou pelo fogo na China

Um tibetano de 28 anos morreu este fim-de-semana na região de Aba, na província chinesa de Sichuan, depois de se ter imolado pelo fogo, reivindicando a independência do Tibete, informou a organização Free Tibet.

Este foi o segundo protesto do género registado esta semana na China.

Desde 2009 que 97 tibetanos se tentaram imolar pelo fogo pela mesma razão, dos quais pelo menos 82 morreram.

Desde dezembro que a lei chinesa prevê que os suspeitos de incitarem à imolação são acusados de assassinato.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.