Identificado suspeito de ataque a Malala

A polícia paquistanesa capturou nove suspeitos de envolvimento no ataque à ativista paquistanesa Malala Yousafzai.

Segundo o jornal paquistanês 'The Express Tribune', um total de nove pessoas, suspeitas de terem participado direta e indiretamente no atentado contra Malala, no passado dia 9, foram presas, anunciou ontem a polícia paquistanesa.

O principal suspeito chama-se Atta Ullah, tem 23 anos e é estudante de mestrado em Química no Vale do Swat, no Paquistão Segundo a 'CBS', Atta Ullah foi descrito por um oficial paquistanês como "o principal suspeito de montar o ataque" para atingir Malala. Uma segunda fonte oficial acrescentou ainda que os investigadores acreditam que Khan tenha cruzado a fronteira para o Afeganistão depois do tiroteio, diz a 'CBS'.

De acordo com o 'The Express Tribune', entre os nove detidos estão também a mãe, o irmão e a noiva de Khan. No entanto não foram acusados de envolvimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG