Dois navios-patrulha chineses entram em águas japonesas

Dois navios-patrulha chineses entraram hoje numa zona, ao largo das disputadas ilhas no Mar do Sul da China, considerada pelo Japão parte das suas águas territoriais, anunciou a guarda costeira nipónica.

A movimentação ao largo das ilhas Senkaku - administradas por Tóquio e cuja soberania é reivindicada por Pequim que as denomina de Diaoyu - ocorre um dia depois de a China ter decidido "adiar" uma cerimónia que assinalaria os 40 anos da normalização das relações entre a China e o Japão, atualmente sob forte tensão.

As ilhas Diaoyu são um minúsculo arquipélago desabitado, a cerca de 120 milhas náuticas de Taiwan e a 200 milhas náuticas de Okinawa, no extremo sul do Japão.

A disputa entre o Japão e a China ganhou novo fôlego depois na semana passada Tóquio ter anunciado a compra de três das ilhas disputadas, a que Pequim respondeu precisamente com o envio de navios-patrulha para a zona.

Durante a semana passada foram registados protestos anti-Japão em várias cidades da China.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG