Disputas de soberania entre a China e outros países não são assunto da ASEAN

As disputas de soberania entre a China e outros países da região nos mares do sudeste asiático não são um problema entre a segunda economia mundial e a Associação dos Países do Sudeste Asiático (ASEAN), disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China.

De acordo com a imprensa estatal chinesa, Hua Chunying respondia assim ao comunicado de sábado dos ministros dos Negócios Estrangeiros da ASEAN em que manifestavam "séria preocupação" pela situação no Mar do Sul da China e instavam à procura de uma solução pacífica antes do início da reunião informal do grupo na Birmânia.

Na última semana, vários pescadores chineses foram detidos nas Filipinas, numa ação devido à reivindicação conjunta das ilhas Spratly, ao passo que dois navios, um chinês e outro vietnamita, chocaram quando Pequim tentava instalar uma plataforma de petróleo junto às ilhas Paracel, também alvo de reivindicação dos dois países.

O porta-voz chinês salientou que Pequim "é contra" a utilização das reivindicações territoriais para prejudicar a amizade e a cooperação chinesa com a ASEAN e manifestou a disponibilidade da China em continuar a trabalhar para a aplicação da declaração de conduta na região assinada por Pequim e todos os membros da ASEAN -- Brunei, Birmânia, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Singapura, Tailândia e Vietname -- com vista a manter a estabilidade na região.

JCS // JCS

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG