'Designer' usa 25 mil preservativos em vestidos

O 'designer' vietnamita Nguyen Minh Tuan utilizou 25 mil preservativos para confecionar nove vestidos que apresentou em vários desfiles com o objetivo de vulgarizar o uso de preservativos no país.

"No Vietname, as pessoas não falam naturalmente de preservativos, têm vergonha. Quando os pedem numa farmácia, nem se lhes ouve a voz. Notei isso e pensei que poderia ajudar a normalizar o uso, ajudar a que ninguém tenha vergonha por usa-los ou falar sobre o tema", disse à agência EFE Minh Tuan, de 27 anos.

O jovem, que trabalha como 'designer' gráfico, teve a ideia há três anos, quando apresentou o projeto final de curso na universidade e lhe ocorreu "fazer algo original que pudesse ajudar a sociedade". O projeto não só lhe rendeu as melhores notas da sua turma como chamou a atenção da comunicação social e de patrocinadores, o que lhe permitiu organizar três desfiles de moda com as suas criações, todas para mulheres.

O 'designer' admite que os vestidos não seriam práticos para usar na rua, mas o objetivo era chamar a atenção para o tema.

O último desfile com as suas criações, intitulado "Condom Fashion Mix", foi realizado em dezembro passado em algumas das ruas mais centrais da cidade de Ho Chi Minh, onde surpreendeu tanto o público local como centenas de turistas. Embora esteja satisfeito com o impacto, que inclui um extravagante recorde vietnamita para "o maior número de preservativos utilizados numa peça de roupa", Minh Tuan reconhece que o projeto não foi fácil.

"No início, encontrei muitas barreiras. Havia pessoas que me diziam que não fazia sentido, porque não era a roupa que se usasse no dia-a-dia, e muitos outros censuraram-me, porque o que fiz era contra a cultura tradicional vietnamita. Mas preferi não ouvir, porque acredito muito no que faço", afirmou o artista.

O criador, nascido na província de Quang Binh, no centro do país, reconhece que na grande cidade as mentalidades estão mais abertas do que na sua cidade natal, mas alerta para o longo caminho que há a percorrer.

"É incrível ver que até mesmo muitos jovens continuam a ter uma mentalidade muito tradicional", observou.

O 'designer' não exclui a organização de outros desfiles com as suas criações se o desafiarem, mas dá o seu projeto como concluído e já está tem outro plano relacionado com o sexo seguro.

"Um dos problemas mais graves que temos no país é o grande número de abortos devido a gravidezes indesejadas. É algo que me dói muito e poderia ser evitado com a prática de sexo seguro. É sobre isso que será o meu próximo projeto e eu acho que vai ter impacto, mas prefiro não adiantar nada ainda", conclui.

Veja o vídeo sobre o desfile "Condom Fashion Mix".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG