Coreia do Norte instala 2.º míssil na costa leste

A Coreia do Norte transportou um segundo míssil para a sua costa oriental e elevou-o sobre um lança mísseis móvel, reportou esta sexta-feira a agência sul-coreana Yonhap, citando um alto responsável governamental em Seul.

O ministério da Defesa, que confirmou na véspera a instalação por Pyongyang de um primeiro míssil na costa leste, não fez, para já, comentários sobre esta nova informação.

"Foi confirmado que a Coreia do Norte transportou por comboio, no início da semana, dois mísseis Musudan de médio alcance, para a costa leste e instalou-os em veículos equipados com um dispositivo de lançamento", declarou um alto responsável, citado pela agência Yonhap.

O míssil Musudan, exibido pela primeira vez durante a parada militar de outubro de 2010, tem em teoria um alcance de 3 mil quilómetros, ou seja, é capaz de atingir a Coreia do Sul e o Japão e, alegadamente, a ilha de Guam, no Pacífico. Aí ficam situadas importantes bases militares dos Estados Unidos.

"O norte está, aparentemente, disposto a disparar estes mísseis, sem avisar", acrescentou o mesmo responsável à agência de notícias sul-coreana. Fontes militares ouvidas pela Yonhap dizem que o regime liderado por Kim Jong-un poderá fazer disparos de míssil no próximo dia 15, data de aniversário do seu avô e fundador do regime comunista na Coreia do Norte, Kim Il-sung, o qual faleceu em 1994.

Exclusivos