Chuvas matam dezenas e deixam milhares desalojados

As violentas chuvas que caíram na península coreana nas últimas semanas causaram a morte de várias dezenas de pessoas na Coreia do Norte e deixaram milhares desalojadas, indicou hoje a agência oficial norte-coreana KCNA.

O país foi afectado por uma tempestade tropical em Junho e por fortes chuvas em Julho, que destruíram 2.900 habitações e deixaram 8.000 pessoas sem tecto, segundo a agência. As chuvas também inundaram 60.000 hectares de área de cultivo. Desde meados dos anos 1990, marcados por uma fome mortífera, a Coreia do Norte apelou à comunidade internacional para conseguir alimentar a população de 24 milhões de pessoas.

Nos últimos meses, Pyongyang renovou os apelos para uma ajuda alimentar. De acordo com os números oficiais, em 2007 as inundações mataram ou fizeram desaparecer 600 pessoas. As inundações de Julho afretaram igualmente a Coreia do Sul que registou 59 mortos e mais de 11.000 desalojados, de acordo com o último balanço.

Exclusivos