China será o maior importador mundial de petróleo

A China poderá tornar-se o maior importador mundial de petróleo antes de 2015, ultrapassando os Estados Unidos, preveem especialistas do setor citados hoje na imprensa oficial chinesa.

Em 2012, a China importou em média 5,4 milhões de barris por dia, menos 2,01 milhões do que os Estados Unidos, mas no último mês do ano, as importações chinesas excederam os 6 milhões, enquanto as norte-americanas desceram para 5,98 milhões, indicou o China Daily.

"Alguns peritos chineses preveem que a China se torne o maior importador de petróleo em 2015, mas isso poderá acontecer até mais cedo dada a rápida transformação em curso", disse Niu Li, economista chefe de um grupo de reflexão do Governo, citado por aquele jornal.

O petróleo importado anualmente pela China, nomeadamente de Angola, o seu maior fornecedor, a seguir a Arábia Saudita, representou 58% do que o país consumiu em 2012, e, este ano, a percentagem deverá subir para 59,4 por cento.

Nos Estados Unidos, pelo contrário, as importações de petróleo estão a diminuir acentuadamente e ao longo do ano passado, desceram de 8,1 milhões de barris em janeiro para 5,98 milhões em dezembro.

Devido ao rápido aumento da produção interna, em 2030, os Estados Unidos poderão ser energeticamente auto-suficentes, disse o China Daily.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG