Cerca de 30 presos fugiram de uma cadeia superlotada

Cerca de 30 presos fugiram hoje, após tumultos, de uma cadeia superlotada na ilha de Sumatra, Indonésia, confirmaram as autoridades locais.

"Cerca de 30 prisioneiros conseguiram escapar", disse Sutopo Berutu, chefe da prisão Ruku Labuhan, localizada na província de Sumatra do Norte.

Akbar Hari, o porta-voz para as questões sobre prisões do Ministério da Justiça indonésio, disse à AFP que "houve um ataque de prisioneiros ao pessoal da prisão" às 5:00, horas locais, após o qual pegaram fogo à sala de registo e ao posto de segurança.

"Nós ainda estamos a investigar o que estará na origem deste ataque", acrescentou o responsável.

O porta-voz não soube ainda especificar que tipo de crimes os fugitivos cometeram, não sendo esta uma prisão de alta segurança.

"A polícia e os militares estão no local para lidar com a situação. A prisão está superlotada porque há 867 prisioneiros quando a capacidade é para 300", disse.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG