Atentado bombista contra procissão xiita faz 23 mortos

Um atentado bombista contra uma procissão da minoria muçulmana xiita fez 23 mortos e 62 feridos, esta madrugada, na cidade de Rawalpindi, perto da capital do Paquistão, indica o mais recente balanço das autoridades locais.

O atentado ocorreu na véspera de uma importante cimeira em Islamabad do grupo D8, que reúne oito países muçulmanos com economias emergentes, onde se incluem o Irão, Turquia e Egito.

Hoje, os talibãs reivindicaram a autoria de dois atentados à bomba que tiveram como alvo os xiitas em Rawalpindi e em Karachi.

"Perpetramos os ataques em Rawalpindi e Karachi porque a comunidade xiita está determinada em profanar o Profeta", disse o porta-voz do grupo, Ehsanullah Ehsan, à agência noticiosa francesa AFP por telefone.

O novo balanço eleva para 35 o total de mortos na quarta-feira numa série de atentados no Paquistão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG