40 pessoas contratadas para afastar macacos

Disfarçados de primatas, os homens têm como missão proteger o Parlamento de possíveis ataques dos símios, que são já uma rotina.

Esta é uma iniciativa do governo indiano, que quer assustar as centenas de macacos causadores de estragos e momentos de terror, cujos ataques pioraram há cerca de oito anos.

M Venkiah Naidu, ministro dos Negócios Estrangeiros e do Desenvolvimento Urbano, na Índia, anunciou ontem, quinta-feira, a tomada desta medida de segurança.

O jornal britânico The Telegraph revela que o governo pretende avançar com medidas mais drásticas, caso esta solução não resulte; se os homens disfarçados não conseguirem manter afastados os invasores, irá recorrer-se a homens armados com balas de borracha.

Cabos de internet e de telefone roídos, ataques aos funcionários por comida e saltos através de janelas, acabando em corridas pelos corredores, são algumas da formas de ataque dos primatas que irritam a população indiana, refere o mesmo jornal britânico.

No ano de 2007, o vice-presidente da capital Nova Deli, Surinder Singh Bajwa, morreu após o ataque destes animais, levando a que o mesmo caísse da varanda, provocando danos cerebrais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG