232 dentes removidos da boca de adolescente

Cirurgiões em Bombaim, na Índia, removeram 232 dentes da boca de um adolescente indiano, numa operação que durou sete horas.

Os pais de Ashik Gavai, um indiano de 17 anos, procuraram ajuda médica por causa de um inchaço no lado direito da cara do filho, tendo este sido encaminhado para um hospital em Bombaim (atual Mumbai). "Tememos que fosse um cancro, e por isso trouxemo-lo para o hospital" disse Suresh Gavai, o pai do rapaz ao Mumbai Mirror. No hospital, os médicos acabaram por concluir que Ashik padecia de uma condição rara conhecida por odontoma complexo.

Um odontoma é o tipo mais comum dos tumores odontogénicos, que são lesões dos tecidos envolvidos na formação das peças dentárias que surgem durante o processo de formação dos dentes e que conservam a capacidade de formar estruturas dentárias quando proliferam. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o odontoma pode classificar-se em composto ou complexo. Será composto se originar uma proliferação de maneira organizada. Será complexo se, como no caso do adolescente indiano, os tecidos dentais estiverem desordenados.

A chefe da odontologia da hospital Sunanda Dhivare-Palwankar, disse que a sua equipa médica pensou que seria necessária uma cirurgia simples, mas logo que abriu a boca do adolescente, descobriu vários dentes "tipo-pérola" no interior do osso da sua mandíbula. "Realizámos a cirurgia, que demorou quase 7 horas, na segunda-feira", confirmou Sunanda, reiterando que a sua equipa removeu ao todo 232 dentes da boca do rapaz.

Segundo Dhivare-Palwankar, até então o número recorde de dentes removido numa operação deste tipo era de 37 dentes. "Estamos perante um recorde mundial" disse a chefe da odontologia. "Nunca tinha visto um caso semelhante na minha carreira de 30 anos", acrescentou.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG