Quarenta pessoas morreram devido a colapso de edifício

Quarenta pessoas morreram no colapso de um edifício na Nigéria, pertencente à igreja de um evangelista daquele país com programa na televisão, segundo um balanço hoje divulgado pelas autoridades.

O balanço do colapso, ocorrido na sexta-feira, "é agora de 40 mortos", declarou Ibrahim Farinloye, coordenador regional da agência nacional de gestão de situações de urgência (NEMA).

Entretanto, 124 pessoas foram socorridas nos escombros deste edifício, que fazia parte da Igreja do 'tele-evangelista' TB Joshua, The Synagogue Church of All Nations (SCOAN).

Com dois andares, o edifício servia de abrigo aos fiéis estrangeiros, segundo Farinloye, que adiantou que estavam a ser feitos trabalhos de alargamento do edifício na altura do colapso.

TB Joshua, denominado "o profeta", reivindica numerosos fiéis na Nigéria e no exterior, que se convencem dos seus dons e das suas profecias.

Os 'media' e membros das equipas de socorro que tentaram deslocar-se ao local do incidente foram impedidos de o fazer e jornalistas nigerianos afirmaram que no local foi destruído material de vídeo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG