Principais desenvolvimentos desde a posse de Morsi

Segue-se uma lista dos principais desenvolvimentos no Egito desde que o presidente Mohamed Morsi tomou posse há cerca de um ano.

-- 2012 --

Junho

- 30: Mohamed Morsi, eleito com 51,7% dos votos, toma posse e torna-se no primeiro civil e islamita Presidente do Egito.

Novembro

- 12: Morsi elimina uma disposição constitucional que dá enormes poderes aos militares e demite o marechal Hussein Tantawi.

- 22: Morsi decreta novos e abrangentes poderes para si próprio.

Dezembro

- 08: Morsi anula o decreto que lhe dava novos poderes.

- 15 e 22: Quase dois terços dos eleitores (64%) aprovam a nova constituição em referendo. O Egito mergulha numa crise política, com confrontos entre os opositores e os apoiantes de Morsi a serem por vezes mortais.

-- 2013 --

Janeiro

- 24: Violência entre manifestantes e polícia nas vésperas do segundo aniversário do levantamento popular que derrubou Mubarak. Quase 60 pessoas morrem numa semana.

Junho

- 21: Dezenas de milhares de islamitas reúnem-se antes dos protestos planeados pela oposição.

- 23: O ministro da Defesa, Abdel Fattah al-Sisi, avisa que as forças armadas intervirão se houver violência.

- 29: A campanha Tamarod ('rebelião') convoca manifestação para 30 de junho e afirma que mais de 22 milhões de egípcios assinaram uma petição exigindo a demissão de Morsi e eleições antecipadas.

- 30: Dezenas de milhares de egípcios vão para as ruas em todo o país empenhados em depor o Presidente no aniversário da sua tomada de posse. O ministro da Saúde diz que pelo menos 16 pessoas morreram durante os protestos.

Julho

- 01: A oposição dá um dia a Morsi para resignar ou então enfrentar a desobediência civil. Os organizadores da campanha Tamarod desafiam "as forças armadas, a polícia e o sistema judicial para alinharem claramente com a vontade popular conforme atestam as multidões". As Forças Armadas avisam que vão intervir se as exigências do povo não forem cumpridas nas próximas 48 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG