Piratas libertam rebocador com 11 fuzileiros indonésios

Embarcação foi tomada em 16 de Dezembro. Piratas cedem mas só depois de receberem resgate.

Piratas somalis libertaram um rebocador malaio e a sua tripulação composta por 11 fuzileiros indonésios que detinham desde 16 de Dezembro, indicou hoje em Nairobi uma ONG de vigilância marítima, com sede no Quénia.

O Masindra e a sua tripulação foram libertados “após o pagamento de um resgate” aos piratas, indicou num comunicado a organização Ecoterra Internacional, segundo a qual a tripulação está sã e salva.

O navio malaio foi capturado por piratas a 16 de Dezembro ao largo da Somália enquanto seguia viagem rumo à Malásia desde o Iémen.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG