Piratas atacam ONU, desta vez em terra

Porta-voz das Nações Unidas revelou ataques de piratas somalis a camiões de distribuição de alimentos. A captura de navios de ajuda humanitária é frequente ao largo da Somália, mas os ataques em terra podem ser uma nova táctica dos piratas.

Três camiões da ONU foram atacados por piratas somalis em Eyel, uma cidade costeira, depois de distribuírem alimentos às populações. Peter Smerdon, porta-voz das Nações Unidas, contou à BBC que os camiões foram assaltados na quinta-feira quando viajavam sem escolta.
“Estamos preocupados, mas é demasiado cedo para dizer se haverá impacto na distribuição de comida desde Berbera e Bossasso para o centro da Somália, que é a região mais necessitada”, explicou Smerdon.
Os assaltos a navios comerciais são frequentes na região, mesmo com as escoltas efectuadas por embarcações militares enviadas por várias nações. Este foi o primeiro ataque pirata em terra, o que pode ser um sinal de que o trabalho da ONU se vai tornar cada vez mais difícil.
Mas os grupos piratas não são os únicos a colocar entraves à aplicação do Programa Alimentar Mundial (PAM) na Somália. No domingo, as milícias radicais islâmicas al-shabab anunciaram que não vão permitir a distribuição de alimentos no país, dizendo em comunicado que as Nações Unidas “não reuniram as condições necessárias” que haviam sido exigidas. O grupo, que afirma pertencer à Al-Qaeda, considera que o PAM ameaça o trabalho dos agricultores locais e tem motivações políticas.
Apesar de ter suspendido a sua actuação no sul da Somália em Janeiro devido ao risco que os seus funcionários corriam, a ONU continua a ajudar 1,8 milhões de pessoas num país em que 43% da população vive num estado de pobreza extrema.
Desde que os “senhores da guerra” derrubaram o regime ditatorial de Siad Barre em 1991, a Somália é gerida por um governo interino, o que deixa o país num imenso caos político. Com a costa somali praticamente sem vigilância nem leis, os piratas actuam na costa do país quase impunemente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG