ONU quer enviar uma missão de paz para a Líbia

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, anunciou hoje que irá pedir ao Conselho de Segurança que envie "urgentemente" uma missão de paz para a Líbia, devido à situação caótica que atravessa o país.

"A Líbia entrou numa fase decisiva. Seria desejável ter no país um grupo que ajude a restaurar a ordem e a estabilidade", afirmou o secretário-geral da ONU, citado pela agência espanhola Efe.

Ban Ki-moon explicou que pretende reunir-se proximamente com o Conselho de Segurança, para estudar como é que a ONU poderá ajudar na reconstrução e no processo de transição da Líbia, e pediu à comunidade internacional que colabore com o organismo.

"Neste momento crítico é essencial que a comunidade internacional esteja unida para que se possa restaurar a ordem e uma transição estável", sublinhou.

A Líbia é há já vários meses palco de uma contestação popular contra o regime de Muammar Kadhafi, no poder há mais de quatro décadas. Esta semana, os rebeldes avançaram para a capital do país, mas ainda não conseguiram capturar o líder líbio, que continua em parte incerta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG