Imprensa sul-africana saúda eleição de Dlamini-Zuma

A imprensa sul-africana saudava hoje de manhã a eleição de Nkosazana Dlamini-Zuma para a presidência da Comissão da União Africana, salientando a escolha de uma mulher do bloco austral.

O diário económico Business Day salientava a "vitória da SADC", o bloco de países da África austral surgido em 1980 e que reúne 15 Estados, entre os quais a África do Sul mas também a República Democrática do Congo e o Madagáscar. O diário próximo do ANC The New Age, que fechou antes de ser conhecida a notícia, fazia título com a convicção de que seria o momento "da vitória de Dlamini-Zuma", que todavia só foi escolhida após quatro rondas de votos durante a cimeira da organização que decorreu em Adis Abeba.

A eleição de Dlamini-Zuma é uma vitória diplomática do Governo de Pretória, que se empenhou na sua eleição desde o início do ano, mas que teve de enfrentar a oposição de vários Estados membros da União Africana.

Um outro diário sul-africano, The Star, salientava o facto de Dlamini-Zuma ser a "primeira mulher a dirigir a UA".

Dlamini-Zuma substitui o gabonês Jean Ping.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG