Bouteflika foi votar de cadeira de rodas

O Presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, deslocou-se hoje de cadeira de rodas para votar nas eleições presidenciais, em que é o favorito, segundo imagens transmitidas em direto pela televisão.

Bouteflika sorriu e acenou para os jornalistas e os membros da mesa ao votar na escola Bachir El Ibrahimi, em Argel, acompanhado de dois irmãos e de um sobrinho.

Depois de votar, deixou-se fotografar a segurar o envelope com o boletim de voto e, depois, a colocá-lo na urna, mas não fez qualquer declaração.

O presidente, 77 anos, sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) em abril de 2013 e esteve quase um ano sem aparecer publicamente.

Nas últimas semanas, falou em público a 03 de março, quando entregou as assinaturas para a sua candidatura, e, já em abril, apareceu ao lado de visitantes estrangeiros como o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, o chefe da diplomacia espanhola, José Manuel Marcia-Margallo, e o mediador da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi.

Os problemas de saúde de Bouteflika, no poder há 15 anos, suscitaram dúvidas em vários setores quanto à sua capacidade para um quarto mandato presidencial, apesar de o seu diretor de campanha, Abdelmalek Sellal, ter assegurado que ele "melhora de dia para dia".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG