20 km/hora de excesso de velocidade? Multa de 54 mil euros

"É impossível viver na Finlândia para certos tipos de pessoas que têm grandes rendimentos e fortunas", queixou-se o empresário multado.

Um empresário finlandês vai pagar uma multa de 54 mil euros por excesso de velocidade. No seu Facebook, o visado mostrou-se revoltado e disse estar a pensar mudar-se para o estrangeiro.

Na Finlândia, o valor das multas está associado ao rendimento. Quando o empresário Reima Kuisla foi apanhado a conduzir a 103 quilómetros por hora numa zona com limite de velocidade de 80 quilómetros por hora, as autoridades basearam-se na sua declaração de rendimentos de 2013, ano em que ganhou 6,5 milhões de euros, para calcular o valor da multa nos 54 mil euros.

"Há dez anos, não acreditaria que um dia ia considerar mudar-me para o estrangeiro", disse Reima Kuisla na sua página de Facebook, citado pela BBC. "É impossível viver na Finlândia para certos tipos de pessoas que têm grandes rendimentos e fortunas".

A controvérsia acerca da legislação finlandesa já dura há décadas. No início da década de 2000, um executivo da Nokia foi multado em 116 mil euros por circular a 76 quilómetros por hora quando o limite era de 50. "É uma tradição nórdica", contou ao Wall Street Journal uma fonte do ministério do Interior finlandês da época. "Temos taxação progressiva e castigos progressivos. Quanto mais ganhas, mais pagas".

A BBC cita alguns comentários no jornal finlandês que avançou a notícia, o Iltalehti, para mostrar que "não há muita simpatia dos seus compatriotas finlandeses" para com Reima Kuisla. "Devia parar de se queixar e ter vergonha na cara", diz um, enquanto outro comenta: "Multas pequenas não vão parar os ricos - as multas têm que penalizar todos de forma igual".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG