Um currículo para além do 'design' puro e duro

___É extenso o currículo de João Borges. Licenciado em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, master em Disseny/Producció pela Faculdade de Belas Artes de Barcelona, para citar apenas alguns dados, foi também um dos designers da Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura, é artista plástico e investigador por gosto nas áreas da comunicação museológica e da essência da relação do design com a música. No ano passado editou, com Mário Laginha, Cosmolodias, um projecto de fusão música-design que demorou cerca de quatro anos a conceber e que resultou numa exposição multimedia, um concerto e um booklet que comporta um DVD com o projecto na forma de videogramas. Música 100% contemporânea e não jazz, que considera ser "o melhor trabalho de Mário Laginha".

Ler mais

Exclusivos

Premium

nuno camarneiro

Calma que isto é Portugal

Deve ter sido lá pelas duas, duas e meia, eu dava voltas a um texto que não se deixava domesticar e as pálpebras queixavam-se do cansaço, do fumo das cigarrilhas e de algumas metáforas rebuscadas. Quando me preparava para a última revisão ouvi alguém que descia a rua e pareceu estacar junto à janela do escritório. Um breve silêncio e logo o som inconfundível de um líquido que jorra por ação humana e o suspiro de alívio que o costuma acompanhar.

Premium

Anselmo Crespo

Orçamento melhoral: não faz bem, mas também não faz mal

A menos de um ano das eleições, a principal prioridade política do Governo na elaboração do Orçamento do Estado do próximo ano parece ter sido não cometer erros. Esperar pelos da oposição. E, sobretudo, não irritar ninguém. As boas notícias foram quase todas libertadas nas semanas que antecederam a apresentação do documento. As más - que também as há - ou dizem pouco à esmagadora maioria da população, ou são direcionadas a nichos da sociedade que não decidem eleições.