Actor monta espectáculo em defesa dos cinco cubanos

O actor e director artístico do Teatro em Movimento foi um dos seis portugueses convidados pela embaixada de Cuba para estar presente nas comemorações dos 80 anos de Fidel Castro. Dessa viagem surgiu o livro 8 Dias nos 80 anos de Fidel, onde Leandro Vale conta a sua experiência num país que visita com frequência. "Em cada nova visita que faço a Cuba, é notória a diferença sentida em todos os níveis. Existe a recuperação de uma Havana decadente." Voltou recentemente para fazer a montagem dum espectáculo a partir de um texto seu, A Obscuridade Transparente, que evoca os cincos cubanos presos nos Estados Unidos acusados de espionagem. O texto foi posto em cena por uma jovem companhia da cidade de Holguin. "Trabalhávamos dez horas por dia", porque, além da montagem, construímos a própria sala de espectáculo, num antigo barracão". A Obscuridade Transparente é a homenagem de Leandro Vale "a cinco heróis que deram a sua liberdade para poder denunciar outros muros que existem por todo o mundo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG