Consegue ignorar uma mulher a ser agredida?

Carlão e Rita Guerra contam a história de Marília, assassinada pelo pai dos seus sete filhos aos 66 anos. Para Delma, a violência psicológica a que esteve sujeita marcou-a mais do que os socos do marido, que a agrediu num espaço público sem que ninguém o tivesse travado. Rita Guerra também viveu um pesadelo semelhante e foi uma denúncia que lhe salvou a vida.

Ler mais

Exclusivos