"Falta tudo na Beira", relata português apanhado pela tempestade em Moçambique

Ricardo Martins é um dos 250 mil portugueses a viver em Moçambique e falou com o V sobre o rasto de destruição do ciclone Idai que já provocou mais de 200 mortos e 1400 feridos, segundo o balanço mais recente. O país vive o pior desastre climático do hemisfério sul do planeta, segundo a ONU.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG