Solução para a dívida passa por tomada de posição política

O papel do Banco Central Europeu foi um dos temas em destaque no debate realizado pelo DN sobre a dívida dos países europeus, um problema que, defenderam os oradores, só pode ser solucionado através de decisão política.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

No PSD não há inocentes

Há coisas na vida que custam a ultrapassar. A morte de alguém que nos é querido. Uma separação que nos parece contranatura. Ou uma adição que nos atirou ao charco e da qual demoramos a recuperar. Ao PSD parece terem acontecido as três coisas em simultâneo: a morte - prematura para os sociais democratas - de um governo, imposta pela esquerda; a separação forçada de Pedro Passos Coelho; e uma adição pelo poder que dá a pior das ressacas em política.