Guerra do tomate à boa maneira portuguesa em Almeirim

A guerra do tomate à boa maneira portuguesa apoderou-se este sábado de Almeirim. Mais conhecida em Espanha, a La Tomatina - a original acontece no final de agosto, em Buñol, desde 1945 - já tem uma versão portuguesa... em Almeirim.

Isaura Almeida
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
Todos à Tomatada é uma ideia da Associação 20 kms de Almeirim, que disponibilizou 20 toneladas de tomate para o evento na cidade do distrito de Santarém. A diversão foi garantida... | foto Facebook Cristina Dias
A fazer fé nas fotografias que começaram a circular nas redes sociais, a guerra do tomate começou às 17.00. Depois foram duas horas, mais coisa menos coisa, com tomate a voar por todo o lado. Os participantes puderam ainda usufruir do VI Festival da Sopa da Pedra e do Petisco. | foto Facebook Cristina Dias
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
O evento tinha (e tem) como objetivo de promover o setor agrícola, nomeadamente a ransformação do tomate para indústria, tem para a economia de Almeirim, que é, note-se, é a região que mais produz tomate em Portugal. | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
No final o tomate irá ser recolhido e transformado. "Cada quilo de tomate utilizado no evento tem um custo de seis cêntimos", disse o presidente da Associação 20kms de Almeirim, Domingos Martins, explicando que já tem um destino para o tomate utilizado. "Temos um acordo com um produtor de animais que depois da iniciativa vai recolher todo o tomate para dar ao gado consumir. É como fazem as fábricas quando o tomate não é utilizado, portanto não vai haver desperdício." No final o tomate irá ser recolhido e transformado. "Cada quilo de tomate utilizado no evento tem um custo de seis cêntimos", disse o presidente da Associação 20kms de Almeirim, Domingos Martins, explicando que já tem um destino para o tomate utilizado. "Temos um acordo com um produtor de animais que depois da iniciativa vai recolher todo o tomate para dar ao gado consumir. É como fazem as fábricas quando o tomate não é utilizado, portanto não vai haver desperdício." No final o tomate irá ser recolhido e transformado. "Cada quilo de tomate utilizado no evento tem um custo de seis cêntimos", disse o presidente da Associação 20kms de Almeirim, Domingos Martins, explicando que já tem um destino para o tomate utilizado. "Temos um acordo com um produtor de animais que depois da iniciativa vai recolher todo o tomate para dar ao gado consumir. É como fazem as fábricas quando o tomate não é utilizado, portanto não vai haver desperdício." No final o tomate irá ser recolhido e transformado. "Cada quilo de tomate utilizado no evento tem um custo de seis cêntimos", disse o presidente da Associação 20kms de Almeirim, Domingos Martins, explicando que já tem um destino para o tomate utilizado. "Temos um acordo com um produtor de animais que depois da iniciativa vai recolher todo o tomate para dar ao gado consumir. É como fazem as fábricas quando o tomate não é utilizado, portanto não vai haver desperdício."  | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
 | foto ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA