Uma hora às escuras. Para salvar o planeta

Este sábado à noite, celebrou-se um pouco por todo o mundo a "Hora do Planeta", iniciada há 12 anos em Sydney, e que hoje converteu-se "num movimento que vai muito além" de apagar a luz, conforme explicou à agência noticiosa Efe Miguel Ángel Valadares, da WWF, a entidade que promove a iniciativa.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.