Jovens arriscam a vida em concurso de saltos de uma ponte

Na Bósnia e Herzegovina existe uma tradição que perdura há 354 anos. No centro histórico de Mostar os jovens organizam competições de mergulho, em que o objetivo é pular da Ponte Velha do centro histórico. Como as águas do rio Neretva são geladas, apenas jovens experientes e treinados executam esta proeza

Ana Bela FerreiraPatrícia Jesus
Os primeiros saltos na ponte datam de 1664. Foi preciso esperar até 1968 para este hábito se tornar numa competição de mergulho. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Um concorrente inicia o seu salto para o rio Neretva. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Esta é uma tradição histórica que já vai na sua 452ª edição. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Uma imagem em motion de um indivíduo a saltar da Ponte Velha. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Os concorrentes executam movimentos diferentes enquanto descem uma altura de 20 metros. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Um dos concorrentes procura mergulhar de cabeça. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Emil Petrovic, de 16 anos, é um dos participantes na prova. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Uma perspetiva geral do evento. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Como podemos ver, a prova costuma atrair dezenas de curiosos. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Um concorrente aproxima-se do rio Neretva. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Sem medos, alguns jovens arriscam a sua vida neste concurso. | foto REUTERS/Dado Ruvic
A Ponte Velha iluminada durante a noite. | foto REUTERS/Dado Ruvic
Um homem salta da Ponte Velha durante a noite. | foto REUTERS/Dado Ruvi