Um Riba(tejo) quase tropical a menos de uma hora de Lisboa

Vivem, sobretudo, na zona de Salvaterra de Magos, Cartaxo e Santarém. Um pedaço de rio em estado bruto, puro, onde há cavalos à solta, canais carregados de vegetação e ilhas repletas de pássaros. O roteiro de fim de semana perfeito, a menos de uma hora de Lisboa. Eis alguns excertos da reportagem: "O bispo-de-coroa-amarela esgueira-se da foto, mas não faltam um sem número de espécies a querer entrar no plano, milhafres, garças, corvos-marinhos, águias, falcões, garças-reais, garças-boeiras, garças-noturnas. Quem percebe de ornitologia sabe que este é "O Sítio", pelo menos um dos melhores sítios no país para a observação de […]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

O populismo entre nós

O sucesso eleitoral de movimentos e líderes populistas conservadores um pouco por todo o mundo (EUA, Brasil, Filipinas, Turquia, Itália, França, Alemanha, etc.) suscita apreensão nos países que ainda não foram contagiados pelo vírus. Em Portugal vários grupúsculos e pequenos líderes tentam aproveitar o ar dos tempos, aspirando a tornar-se os Trumps, Bolsonaros ou Salvinis lusitanos. Até prova em contrário, estas imitações de baixa qualidade parecem condenadas ao fracasso. Isso não significa, porém, que o país esteja livre de populismos da mesma espécie. Os riscos, porém, vêm de outras paragens, a mais óbvia das quais já é antiga, mas perdura por boas e más razões - o populismo territorial.