Porto: No novo Semea há petiscos para partilhar

A qualidade do produto e a informalidade são pontos que Vasco Coelho Santos quis manter em comum com o Euskalduna. Semea, refira-se já, é nome com duplo sentido. Por um lado, é uma referência ao pão (farelo), por outro, mantendo a toada do primeiro restaurante, é uma palavra basca, que significa «filho». Pai e filho partilham o chef - o mesmo que foi distinguido com o Chef Revelação de 2017 nos prémios Mesa Marcada - e algumas das mesmas ideias. Mas a experiência é para ser diferente. Se no primeiro, aberto no final de 2016, o foco está cem por […]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

E uma moção de censura à oposição?

Nos últimos três anos, o governo gozou de um privilégio raro em democracia: a ausência quase total de oposição. Primeiro foi Pedro Passos Coelho, que demorou a habituar-se à ideia de que já não era primeiro-ministro e decidiu comportar-se como se fosse um líder no exílio. Foram dois anos em que o principal partido da oposição gritou, esperneou e defendeu o indefensável, mesmo quando já tinha ficado sem discurso. E foi nas urnas que o país mostrou ao PSD quão errada estava a sua estratégia. Só aí é que o partido decidiu mudar de líder e de rumo.