Apetece estar aqui: O luxo da imensidão do Alentejo

Olha-se à volta e não se vê nada. Nada para fazer, dirão uns. Para outros, esse nada ganha um significado mais profundo: nada a perturbar, nada a exigir atenção, nada com que nos preocuparmos a não ser ir buscar uma manta para tapar os ombros, caso o vento se levante. Ficar neste alpendre a ver o Sol desaparecer pode ser uma experiência ...

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Exclusivos