6 miradouros lisboetas para beber e petiscar à tarde

Pontos altos por excelência, mais ou menos escondidos, de maiores ou menores dimensões, uma coisa é certa: são os miradouros os responsáveis, em grande parte, pelo charme natural da cidade de Lisboa. Não há quem não os queira visitar, seja para passar o tempo, namorar, ler um livro, ouvir música ou tirar umas fotografias, e também não faltam opções para o fazer. A boa notícia é que a dois passos de um miradouro está sempre uma esplanada, café ou restaurante que valha a pena visitar. Percorra a fotogaleria para conhecer 6 miradouros em Lisboa onde beber e petiscar ao final […]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt

Ler mais

Exclusivos

João Almeida Moreira

DN+ Cadê o Dr. Bumbum?

Por misturar na peça Amphitruo deuses, e os seus dramas divinos, e escravos, e as suas terrenas preocupações, o dramaturgo Titus Plautus usou pela primeira vez na história, uns 200 anos antes de Cristo, a expressão "tragicomédia". O Brasil quotidiano é um exemplo vivo do género iniciado por Plautus por juntar o sagrado, a ténue linha entre a vida e a morte, à farsa, na forma das suas personagens reais e fantásticas ao mesmo tempo. Eis um exemplo.