O campo na cidade

Nem só de prédios e estradas se fazem as cidades. A capital esconde hortas, parques e jardins por onde se pode passear a sós ou, como neste caso, em grupo organizado.

Neste domingo, a Ca­minhando leva os in­teressados a conhe­cer lugares pouco co­nhecidos, até pelos lisboetas, na primeira Caminhada por hor­tas, jardins e parques de Lisboa. Depois dos excessos da época, o desafio é andar a pé e co­nhecer as hortas da Quin­ta da Granja, em Benfica, a Quinta de Nossa Senhora da Paz entre palácios no Paço do Lumiar e o Parque do Montei­ro-Mor no Museu do Traje.

Durante quatro horas, e ao longo de um percurso cir­cular de cerca de 13 quilóme­tros, passa-se por alguns dos grandes espaços verdes da ci­dade e descobrir que Lisboa não é só betão.
Foi há cerca de ano e meio que José Rodrigues fundou a Caminhando. Só em 2016, já or­ganizou mais de 200 caminha­das temáticas e passeios, mui­tos urbanos como a Rota dos Miradores e outros mais ru­rais como a Caminhada pelas aldeias do Oeste. Para este ano, está já a preparar uma série de caminhadas ligadas aos Cami­nhos de Santiago.

CAMINHANDO POR HORTAS, JARDINS E PARQUES DE LISBOA
Início: 09h20
Duração aprox: 4 horas
Distância a percorrer: 13 km
Nível de Dificuldade: 2+ web:caminhando.pt

QUINTA DA GRANJA
Datada de finais do século xvii, foi recentemente requalificada e tem agora hortas urbanas cultivadas pelos lisboetas. São cerca de 11 hectares de terreno cultivado, um conjunto de casas no topo da colina, rodeadas por edifícios e arruamentos.

QUINTA DE NOSSA SENHORA DA PAZ
O património é constituído pelas quintas e palácios do Paço do Lumiar. O lago e a fonte foram recuperados e o jardim tem agora novo mobiliário urbano, iluminação e um circuito de manutenção.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Evasões
Pub
Pub