22 capas que contam a história de Natal no Diário de Notícias

Estão expostas na Praça do Município, mesmo em frente à Câmara Municipal de Lisboa. Desde a primeira, com data de 29 de dezembro 1864, até à que evoca o Natal em plena Segunda Guerra Mundial

A partir de 1 de dezembro e até 6 de janeiro, na Praça do Município, estarão expostas 22 das capas mais emblemáticas do Diário de Notícias. Mostram a História e contam histórias. No primeiro editorial lia-se que este era um jornal que quer "interessar a todas as classes, ser acessível a todas as bolsas, e compreensível a todas as inteligências".

Mostramos várias edições de Natal, como a de 1911 - uma edição ilustrada em que o bebé da capa foi desenhado por José Malhoa - ou a de 1966, em que a primeira página de dia de Natal é assinada por Vitorino Nemésio, que publica o texto "Natal ainda".

Clique nas imagens (em cima) para ver todas as capas que estarão expostas na Praça do Município.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.