Clube de Vinhos DN: Pack Iniciação

O pack onde tudo começa.

Não tem tempo para frequentar cursos nem provas e o que lê na imprensa só parece tornar inatingível a ideia primordial de dar os primeiros passos. Não há como ir por si próprio e começar, é mais simples do que parece. A frescura e mineralidade de um branco do Dão, a untuosidade e o lago guloso de um Alentejo de mestre, e um Douro de recorte clássico. Vê como é simples começar?

Quinta da Giesta Branco Branco 2016
Um vinho que conta a história de um legado misterioso, uma mala que estaria guardada entre paredes e que dentro continha uma mensagem que pedia que se partilhasse o conteúdo da mala. Parece que afinal o legado era espiritual, para que houvesse felicidade. Vinhas velhas de uvas autóctones brancas.

Marquês de Borba DOC Alentejo tinto 2016 | João Portugal Ramos
Produzido a partir das castas Alicante Bouschet, Aragonês, Trincadeira e Touriga Nacional, pela mão de um dos fundadores do Alentejo moderno. Macio e aveludado, consensual, acompanha uma panóplia vasta de pratos e temperos. Está pronto a beber é melhor arrefecê-lo até aos 16ºC para conseguir mostrar-se melhor.

Vallado DOC Douro tinto 2016 | Quinta do Vallado
É um dos ícones do Douro moderno e é produzido a partir de Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Sousão, das vinhas centenárias junto à Régua. A forte amplitude térmica sentida ao longo do ano reflecte-se na complexidade do vinho, particularmente apto a carnes grelhadas, pratos de massa de inspiração italiana e ao petisco mais tradicional.

Um pack de 6 garrafas:

2x Quinta da Giesta Branco 2016
2x Marquês de Borba DOC Alentejo tinto 2016 | João Portugal Ramos
2x Vallado DOC Douro tinto 2016 | Quinta do Vallado

Adquira já o seu Pack Iniciação no Clube de Vinhos DN, com Portes Grátis e Entregas em até 72h, com parceria com a Garrafeira Nacional

Clique aqui para saber mais

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.