Especiais

Insuficiência cardíaca

Hospital Fernando Fonseca forma médicos de família para poderem salvar doentes mais cedo

Coração de Portugal. A insuficiência cardíaca não tem de ser tratada só nos serviços de cardiologia. Pelo contrário, quanto mais cedo se identifica a doença, mais fácil se torna salvar vidas. Foi neste sentido que os profissionais do Hospital Fernando Fonseca, na Amadora, decidiram criar um programa de formação para colegas de medicina geral e familiar, para que estes possam identificar mais cedo os sintomas e medicar os doentes. Só assim se poderá reduzir a mortalidade elevada desta doença.