Premium Empréstimo feito para obras em prédio para arrendar

Documento mostra que empréstimo tinha como finalidade "habitação para arrendamento". Mercado valorizou muito na zona desde 2014.

O contrato assinado por Ricardo Robles e a irmã com a Caixa Geral de Depósitos (CGD), a 29 de abril de 2016, para o empréstimo, esclarece como sua "finalidade" o facto de se destinar "a obras" do imóvel hipotecado "para habitação para arrendamento da parte devedora".

A parte devedora são Ricardo Robles e Lígia Robles e a parte fiadora são os pais, segundo o documento e a informação que o vereador do Bloco de Esquerda disponibilizou ao DN, depois de questionado sobre esse empréstimo.

Ler mais

Exclusivos