Premium Sim, eu quero saber quem meteu a mão na Caixa

Roubo, à descarada, o título do livro da minha colega jornalista Helena Garrido, porque ele é, provavelmente, o mais feliz de todos (o título e o livro, já agora) os que já foram escritos sobre o que aconteceu no banco público. Alguém meteu a mão na Caixa Geral de Depósitos e nós, que ainda hoje estamos a pagar essa fatura, temos todo o direito de saber quem foi.

Facto: o maior banco português, do qual somos todos "acionistas", teve uma das maiores injeções de capital da história da democracia. Mais de cinco mil milhões de euros. Assim. De uma assentada. Decore bem este número: 5 000 000 000 de euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.