Premium Bolsonaro é julgado hoje no Supremo por racismo

Em causa, ação da procuradora-geral da República por afirmações consideradas "de cunho discriminatório". Defesa do candidato à presidência nega.

O Supremo Tribunal Federal vai julgar nesta terça-feira a denúncia contra Jair Bolsonaro e decidir se torna o candidato do Partido Social Liberal (PSL) às eleições de 7 de outubro réu por racismo.

A denúncia foi protocolada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a propósito de declarações do deputado, em abril, numa visita ao Clube Hebraica, em São Paulo, com "cunho discriminatório, incitando ao ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais".

Ler mais

Exclusivos