Premium No verão dos "Incredibles", "Mamma Mia" e Tom Cruise foram outros dos campeões

Já se pode fazer balanço do verão nas bilheteiras portugueses. O público escolheu Incredibles 2 - Os Super-Heróis como filme campeão, mas o novo Mamma Mia e Missão Impossíbel: Fallout foram igualmente consideráveis sucessos. Linhas de Sangue, o pretendente português, não resultou.

O que tiramos do gosto dos portugueses neste verão? Mais do mesmo: blockbusters a varrerem tudo o resto, em especial filmes de animação e a contínua debandada dos espectadores para o cinema de autor.

Neste verão nas bilheteiras nacionais houve, contudo, algumas surpresas. A maior delas talvez os números vistosos do ciclo de clássicos franceses da Leopardo Filmes, de Paulo Branco. "Os Grandes Mestres" teve casas cheias em Lisboa e alguns desses clássicos conseguiram ultrapassar mais de um milhar de espectadores em poucas sessões. A memória cinéfila tem um público mais velho bastante disponível e há razões para otimismo para a operação Ingmar Bergman que será programada a seguir.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.