Premium Ivo Rosa vai ouvir todos. Sócrates só depois de maio

Começa na segunda-feira a fase de instrução do processo que levou à prisão do antigo primeiro-ministro. Bárbara Vara é a primeira a ser ouvida

Tem sido um longo e intricado caminho desde o dia 21 de novembro de 2014, quando José Sócrates foi detido à chegada ao aeroporto de Lisboa. Cinco anos depois começa a fase de instrução da Operação Marquês. É já na próxima segunda-feira e trata-se de um ponto decisivo para a investigação do Ministério Público, iniciada há seis anos e seis meses. O processo foca negócios e relações familiares e de amigos que estarão manchados por crimes de corrupção passiva e ativa, branqueamento de capitais, falsificação de documentos, fraude fiscal, abuso de confiança, peculato e até posse de arma proibida.

Ivo Rosa vai ter de decidir se a acusação contra os 28 arguidos (19 pessoas e nove empresas) segue para julgamento.A primeira arguida a ser ouvida, dia 28 de janeiro, é Bárbara Vara, acusada de dois crimes de branqueamento de capitais. No dia seguinte é a vez do pai, Armando Vara, responder às perguntas do juiz. O antigo administrador da CGD será transportado por um carro celular desde o Estabelecimento Prisional de Évora, onde está detido para cumprir cinco anos de prisão efetiva no âmbito do processo Face Oculta.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.