Premium Juscelino Kubitschek recebido em festa em Lisboa

Recebido em euforia pelos lisboetas, o popular presidente brasileiro visitou Portugal em 1960, já perto do final do seu mandato. Meses antes tinha inaugurado Brasília, a nova capital do Brasil.

Médico de formação, o político de Minas Gerais Juscelino Kubitschek ficou para a história como um presidente brasileiro de grande popularidade, capaz de fazer cumprir por fim em 1960 o sonho da construção de uma grande capital federal: Brasília. Foi, aliás, meses depois de inaugurar essa capital que sucedeu ao Rio de Janeiro que o político de nome checo (mas que era Oliveira por parte do pai) visitou Portugal, onde uma multidão lisboeta o acolheu em festa, como se pode ver nesta fotografia tirada na Baixa pombalina. Amigo de Portugal, Juscelino Kubitschek de Oliveira morreu em 1976.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A Europa, da gasolina lusa ao palhaço ucraniano

Estamos assim, perdidos algures entre as urnas eleitorais e o comando da televisão. As urnas estão mortas e o nosso comando não é nenhum. Mas, ao menos, em advogado de Maserati que conduz sindicalistas podíamos não ver matéria de gente rija como cornos. Matéria perigosa, sim. Em Portugal como mais a leste. Segue o relato longínquo para vermos perto.Ontem, defrontaram-se os dois candidatos a presidir a Ucrânia. Não é assunto irrelevante apesar de vivermos no outro extremo da Europa. Afinal, num canto ainda mais a leste daquele país há uma guerra civil meio instigada pelos russos - e hoje sabemos, como não sabíamos ainda há pouco, que as guerras de anteontem podem voltar.