Exclusivo O cartoonista que reinventou o Pai Natal

Thomas Nast cimentou no panteão de recursos pictóricos três figuras a que é preciso recorrer vezes sem conta nos nossos dias: o Pai Natal (evoluindo a partir de 1862), o elefante do Partido Republicano (1874) e o burro do Partido Democrata (1870).

Miúdo alemão que desembarcou com a família em Nova Iorque, Thomas Nast simboliza muito daquilo que é a América: o seu sucesso como cartoonista na segunda metade do século XIX é a prova de que o sonho americano existe, a liberdade com que praticou a sua arte só é possível numa democracia, o legado da criação de figuras como o Pai Natal (inspirado na imagem do St. Nikolaus da sua Baviera natal) ou o Elefante e o Burro que simbolizam os grandes partidos dos Estados Unidos é o triunfo da imagem como elemento de afirmação de cultura e de poder.

"Certo dia, enquanto passeava em Richmond, o presidente da Confederação Jefferson Davis foi abordado por um soldado que lhe perguntou: 'Senhor, você é o Jefferson Davis?' Ele anuiu, ao que o soldado retorquiu: 'Pois, você é tal e qual a imagem no selo dos correios.' A Guerra Civil americana terá constituído um ponto de viragem na forma como as notícias do conflito chegaram a populações que dele estavam arredadas fisicamente. Apesar de a fotografia estar ainda a dar os primeiros passos, como evidencia a ausência de registo fotográfico do discurso de Gettysburg do presidente Lincoln - tão breve que, quando chegou ao fim, os fotógrafos ainda não tinham prontos os seus aparelhos -, ela contribuiu para criar uma maior proximidade face a eventos remotos; razão pela qual os periódicos de Nova Iorque criaram vastas equipas destinadas ao registo visual da frente de batalha. A fotografia confinou-se à dimensão informativa; veja-se, por exemplo, nos registos fotográficos dos corpos estropiados que funcionaram como instrumentos pedagógicos para os cirurgiões em campanha", contextualiza Mário Avelar, catedrático de Estudos Ingleses e Americanos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG