Premium

Reino Unido

Boris debaixo de fogo: da discussão com a namorada aos conselhos de Steve Bannon

Depois da chamada da polícia à casa que partilha com a namorada, o favorito à vitória na corrida a líder do Partido Conservador é confrontado com as alegações de que o ex-diretor de campanha de Trump o ajudou no discurso que fez após deixar a chefia da diplomacia. Está em queda nas sondagens.

A corrida que à partida parecia fácil para Boris Johnson ganhou, de repente, alguns obstáculos que só o tempo dirá se o ex-chefe da diplomacia britânica será capaz de ultrapassar para chegar à chefia do Partido Conservador e daí ao número 10 de Downing Street.

Depois de a polícia ter sido chamada ao apartamento que divide com a namorada nas primeiras horas da madrugada de sexta-feira, quando os vizinhos se queixaram de gritos e objetos a partir, Boris Johnson recusou comentar o caso. A polícia falou com os ocupantes do apartamento que disseram que estava tudo bem. Agora, depara-se com outro problema: Steve Bannon.

Ler mais

Exclusivos