Exclusivo Seis talentos para abrir o apetite ao IndieLisboa

Atores, produtores e realizadores que vale a pena conhecer neste IndieLisboa que começa amanhã em vários cinemas em Lisboa. Um festival que acredita que só faz sentido a experiência da sétima arte nas salas.

Mapeia-se o Indie e encontram-se nomes que importa seguir. Atrás e à frente da câmara. Numa edição toda ela pensada e programada antes do vírus, 2020 é o ano em que, mais do que nunca, o risco tomou conta das escolhas. Cinema exploratório capaz de nos falar de um mundo em crise mas que aproxima o certame de Lisboa à marca do real do DocLisboa, quase como um despique. É um festival com sangue revolto e jovem e que aposta nas esperanças, mesmo quando há consagrados no programa.

De Portugal chegam algumas estreias mundiais, algumas delas com lugar nos maiores festivais do mundo. Se está mais nicho? À primeira vista, parece que sim, mas o IndieLisboa sempre viveu e promoveu a descoberta. Deixamos seis protagonistas que nos apontam propostas de cinema para encher as salas na medida do possível: o Ideal, São Jorge, Capitólio, Culturgest e Cinemateca terão lotação a metade. Acima de tudo, ao contrário de outros festivais que trocaram as salas pelos ecrãs virtuais e drive-in, este mantém a crença de que um festival só faz sentido em sala...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG