Premium Para novos desafios, novas respostas na habitação

Não há nenhuma área das políticas públicas em que seja tão pertinente a metáfora da casa em construção como na da política para a habitação. Não tanto pela óbvia referência pictórica da casa, mas pelo seu cariz de processo contínuo e concentracionário de esforços oriundos de vários setores.

A casa, enquanto imagem, facilmente se associa a uma identidade cultural e civilizacional ou até a um determinado período histórico. A expressão "arquitetura Estado Novo" (o irónico "estilo Português Suave") aplicada a um determinado estilo arquitetónico ainda hoje sobrevive e ainda hoje se mantém funcional. A par da associação de uma imagem física a um determinado estilo arquitetónico (urbano e não só) no tempo, é também possível associar políticas de habitação a um regime político.

Ler mais

Exclusivos